PLEBE RUDE LANÇA LYRIC VIDEO DE “A QUIETA DESOLAÇÃO”, NOVO SINGLE DE “EVOLUÇÃO, VOLUME 2”

Arte: Fernando Dalvi

Recentemente, os veteranos da Plebe Rude lançaram mais um single da série “Evolução”, um trabalho temático, divido em duas etapas, que narra o desenvolvimento do homem desde os primórdios. A faixa “A Quieta Desolação” faz parte do “Evolução, Volume 2” e conta com a participação da cantora mirim Ana Carolina Floriano, que participou recentemente do programa The Voice Kids.


A artista de 13 anos já havia feito uma parceria com a Plebe Rude na canção "Nova Fronteira" do álbum “Evolução, Volume 1”, lançado em 2019. “Sentimos que a voz dela casou perfeitamente com as músicas. Foi o diretor de ‘Evolução, O Musical’, cuja produção fora interrompida pela pandemia, Jarbas Homem de Mello, que indicou vários nomes e nos encantamos com a Ana Carolina Floriano”, revela o vocalista Philippe Seabra.


Assista ao lyric video de “A Quieta Desolação”


Foto: Caru Leão

Seabra, que é o autor de "A Quieta Desolação" diz que a faixa aparece no musical “Evolução” no episódio 10 do segundo volume. “É o momento quando o Homo sapiens, já bastante evoluído, olha para o céu e vê o espaço, a começar pela lua, como alternativa à terra, já que este não soube cuidar. A música foi inspirada nas primeiras palavras do segundo homem na lua, o companheiro de Neil Armstrong, Buzz Aldrin, quando teve a sua chance de pisar na lua naquele momento em 1969 tão marcante para a humanidade. Ele falou ‘Linda vista, magnifica desolação’”, conta o músico, que ainda produziu a faixa, mixada por Kyle Kelso e masterizada por Guto Gonzalez.


O novo single ganhou nesta segunda-feira (28) um lyric video assinado por Fernando Dalvi, responsável também pela arte de capa de “A Quieta Desolação”.


A Plebe Rude ainda tem alguns planos para este ano, e a volta definitiva aos palcos é um deles. “Queremos voltar a estrada depois desses dois anos de pandemia, lançar o volume 2 de Evolução e preparar um DVD ao vivo acústico”. Os fãs da banda agradecem!


Ouça a faixa nas principais plataformas digitais:

https://onerpm.link/AQuietaDesolacao


A Quieta Desolação

(Música e letra: Philippe Seabra)


Olha o pontinho lá no céu

Ainda não é meu

Mas pode ser, pode ser


A quieta desolação

O próximo passo na evolução

Eu vou lá ver, vou lá ver


Chega da cidade

e da poluição

Vencer a gravidade é a única opção


Pegue um motor de propulsão

Aumente um pouco a explosão

Acho que dá, ir pra lá


A quieta desolação

espera a nossa ocupação

Vamos fincar a bandeira lá


Chega da fumaça e superpopulação

Vencer a gravidade é a única opção


E mesmo que a lua não tenha ar

Na terra não dá mais pra respirar

Então tanto faz, deixar pra trás

A quieta desolação

Um novo lar, novo lixão

Espaço há pra desovar


Olha o pontinho lá no céu

Ainda não é meu

Mas pode ser

Pode ser



DIVULGAÇÃO POR: Farol Music // Assessoria de imprensa